• Daniel Zatt

[Otorrino em Itajaí] - Vício em descongestionantes nasais

Atualizado: 12 de abr.


Quem não tem um amigo ou familiar que é refém destes medicamentos nasais? O vício por descongestionantes nasais surge na busca de alívio rápido do nariz obstruído.


No consultório, costumo comparar de forma exagerada, mas com certa lógica, ao vício do crack, onde após uma ou algumas aplicações a pessoa se torna refém do frasco cheio de ‘’gotinhas maravilhosas’’.


As tarjas vermelhas na embalagem, indicando ‘’venda sob prescrição médica’’ não estão lá à toa. Porém, muitos ignoram e não sabem os riscos de fazer o uso crônico desta medicação.


Vale citar alguns destes efeitos:


Vício (geralmente basta o uso por 5 dias ou mais);

Rinite medicamentosa (alterações nasais e inflamação das carnes esponjosas provocada pela medicação);

Insônia;

Hipertensão arterial;

Arritmias cardíacas.


São muitas as causas de obstrução nasal. É fundamental descobrir qual a causa que levou o paciente a fazer o abuso da medicação e assim indicar o tratamento correto o problema, pois os descongestionantes são apenas paliativos que não deve ser usando por mais de 3 dias seguidos. O tratamento da rinite medicamentosa ocasionada pelo vício é feito com medicações orais e tópicas prescritas pelo otorrinolaringologista.⁣


|47| 99790-9094⁣⁣⁣

Rua Lauro Muller, 110, Centro - Itajaí/SC⁣⁣⁣

www.danielotorrino.com.br⁣⁣⁣

⁣⁣Daniel Buffon Zatt - CRM 23.589 / RQE 18.759

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo